quarta-feira, novembro 30

Bolinhas de Grão e Ervilhas com Caril e Salicórnia



Uma despensa recheada de aromas, de cor e de sabores. Tenho o privilégio de ter uma despensa onde se respira produtos variados e ingredientes diferentes.
A minha curiosidade faz com que a vá compondo com uma compota trazida de um simples mercado, uma conserva ou um frasco de sal de uma qualquer loja gourmet, especiarias de uma viagem, ou até produtos que vou adquirindo pela simples curiosidade. Por vezes transporto  num bonito saco ideias sob a forma de produtos. O que irei fazer, como irei utilizar aquele chutney, aquela especiaria, uma ou outro tipo de farinha, legumes diferentes não tão vistos ou até mesmo frutos menos consumidos.
Ao entrar na minha despensa sou invadida pelos meus pensamentos. Deixo-me levar até Marrocos de onde trouxe uma variedade enorme de especiarias, olho o pacotinho do chá e sou transportada para terras açoreanas com o seu chá preto. Ao lado um alho preto comprado numa loja do centro de Leiria, algumas conservas de peixe compradas da última visita ao porto. Dessa mesma visita veio comigo um saquinho com híbisco desidratado e um pequeno pote com sal especifico para grelhados.
Do outro lado salicórnia, ou espargo marinho, uma planta com caules carnudos e folhas em forma de escama. Directamente da Ria Formosa, a Salicórnia da RiaFresh é ligeiramente salgada, crocante e suculenta ideal para as mais variadas aplicações, desde saladas, molhos, com peixe ou com carne ou até mesmo somente como tempero. Cozinhada ou crua é um excelente substituto do sal.
A empresa RiaFresh comercializa este e outro tipos de produtos/vegetais naturais primando pelos elevados padrões de qualidade. Para saber mais sobre a Salicórnia ou a empresa RiaFresh pode visitar o site aqui.



A próxima receita, vem em jeito de pedido de desculpa pela minha ausência nestes últimos tempos e em modo de despedida por mais um mês. Marcaremos encontro no próximo ano, com um regresso mais presente e algumas novidades. Até lá aproveitem e façam estas bolinhas de grão e ervilhas com um leve toque a caril. Devo dizer que são de brandar aos céus, de tal sabor reforçado pelo uso das especiarias e nas quais temperei com salicórnia abolindo por completo o uso de sal. Devo dizer que a  sua substituição foi sucesso garantido.





Bolinhas de Grão e Ervilhas com Caril e Salicórnia


Ingredientes:

1 Cebola picada
2 Dentes de alho bem picados
1 Colher de chá de gengibre fresco ralado
1 Cenoura média ralada
130 gr de ervilhas cozidas
230 gr de grão cozido
50 gr farinha de amêndoa
4 colheres de sopa de fécula de batata
1 colher de chá de caril
1 colher de café mal cheia de noz moscada
Pimenta e salicornia* q.b.

Preparação.

Pré aqueça o forno a 180ºC. Num processador coloque a cebola, os alhos, o gengibre e a cenoura. Processe um pouco e reserve. 
Coza as ervilhas e reserve algumas inteiras. Entretanto reduza a puré o grão cozido e as ervilhas, com a ajuda de um passe vite. 
Acrescente ao preparado da cebola e processe mais um pouco acrescentando depois a fécula de batata e a farinha de amêndoa assim como os condimentos (caril, noz moscada, pimenta e a salicórnia).
Retire do processador o preparado e faça pequena bolinhas. Disponha sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal. Leve ao forno cerca de 20 a 25 minutos. Retire e deixe arrefecer ligeiramente.
Pode servir como refeição principal acompanhado de uma salada ou de um cuscus ou então como entrada ou snack.

* usei cerca de 1 colher de sopa mal cheia de salicórnia picada.



Deliciem-se!!


7 comentários:

  1. Olá Ana,

    a tua despensa parece o bom sítio a visitar :)

    nunca usei salicórnia, apesar de já ter ouvido falar bastante sobre ela, e parece-me realemnet uma excelente alternativa ao sal.

    Beijinhos e aproveito para deixar os meus votos de um bom Natal e um Bom Ano Novo.
    Fico a aguardar o teu regresso e as tuas novidades ;)

    Beijinhos grandes
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Ah baixinha, ainda bem que publicaste porque eu amei estas bolinhas e queria mesmo a receita! Já guardei, para reproduzir memórias e sabores de uma tarde feliz ;)
    Diverte-te muito, passeia, tira milhentas fotos e inspira-te! Bjo enorme.

    ResponderEliminar
  3. Se é sucesso garantido, vou guardar :-)
    Um beijinho ENORME e até breve.
    C

    ResponderEliminar
  4. Encher o coração e a despensa com coisas tão boas é realmente o melhor. E sabes que fico muito feliz que o consigas fazer em pleno.
    Estes bolinhos estão com excelente ar, assim bem robustos e a antever um sabor daqueles!!! Também gostei imenso da experiência com a salicornia.
    Tudo de bom para os próximos tempos. Relaxa e usufrui ao máximo. E diverte-te por todos! :D
    Em 2017 queremos saber as novidades! ;)

    Bjinhos grandes, amiga!

    ResponderEliminar
  5. Olá,
    Adorei a receita.
    Mas já agora desculpem a ignorância, mas o que é o processador?
    Quando dizem colocar num processador e processar um pouco, não entendi o que é para fazer.
    Alguém me pode explicar, pf.
    E já agora onde posso encontrar salicórnia na zona de Lisboa, alguém sabe? Já procurei e não encontro.
    Eu não uso sal na comida e gostava de experimentar a salicórnia, sobre a qual já tinha lido.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  6. Ai como eu te percebo, sinto o mesmo quando abro a minha dispensa, mas por vezes com tantos produtos acabo por deitar tanta coisa fora, malditos prazos! Nunca provei salicórnia e tenho imensa curiosidade, as tuas bolinhas ficaram com um ar fantástico. Votos de um ano cheio de viagens sejam elas na tua cozinha ou fora dela, um beijo grande

    ResponderEliminar
  7. amei o aspecto e a receita...
    bjinhos fofos e gulosos, apareça no http://pratosdabela.blogspot.com

    ResponderEliminar