terça-feira, junho 21

Burek de Espinafres e Requeijão


O calendário marca a sua chegada, os dias repletos de um sol brilhante, um céu azul inconfundível e temperaturas altas confirmam. O Verão chegou e recebeu-nos de braços bem abertos.
É a estação dos mergulhos no mar, dos pés na areia, dos passeios à beira mar e dos piqueniques nos parques. Uma estação que convida a férias, a jantares na esplanada ou na varanda cá de casa, a petiscos e sardinhadas, a fins de semana de passeio. É a hora dos gelados, das sobremesas frescas e das bolas de berlim (com creme). É o momento em que as bancas de mercado se enchem de uma imensidão de fruta. Ora encontramos melões, melancias e meloas. Os alperces já por cá moram, os pêssegos vão aparecendo. Começam mais tarde a fazer-se de convidadas deste desfile as ameixas, as framboesas, os mirtilos e as amoras. Lá mais para o final virão os figos que tanto amo. Mas nos mercados, as bancas não se fazem só de fruta. Muitas são preenchidas com os legumes. O tomate bem vermelho dá o mote do desfile, vem na sua companhia o pepino, as alfaces e os pimentos. Os espargos também não podem ser esquecidos, assim como a courgette, os bróculos e os espinafres.


Mas o destaque de hoje irá para o espinafre. Já nas histórias aos quadradinhos, o tão afamado  Popey , o marinheiro, para ficar mais forte e confiante e assim vencer todos os desafios se alimentava deste vegetal.
Os espinafres para além de serem vegetais desta estação são um alimento que fortalece o organismo,sendo rico em ferro, fósforo e cálcio.
A sua composição torna o espinafre num alimento bastante nutritivo com propriedades importantes na prevenção de doenças e envelhecimento precoce.

De grande versatilidade na cozinha, podemos optar por cozinha-los e adapta-los nas muitas variedades de pratos, desde doce ao salgado ou até num batido, é bastante vasta a sua aplicabilidade.
Numas panquecas ou num batido ao pequeno almoço, ao almoço acompanhando um bacalhau ou num esparregado cremoso e delicado que nos aconchega, ou até mesmo num delicioso bolo envolvido numa pecaminosa e decadente cobertura de chocolate.

A convite da querida Marta do blog Intrusa na Cozinha, preparei este cativante e delicado Burek de Espinafres e Requeijão que fará parte do desfile deste mês com um convidado muito especial e bem forte, o Espinafre!!

Este foi o meu primeiro contacto com o burek. Uma especialidade de alguns países do leste que pode ser recheada com queijo, legumes, carnes, entre outros recheios apresentado em rolo ou em camadas de massa filo e recheio, como o que apresento. É uma especialidade que é acompanhada nos países originários com Kefir que é uma espécie de iogurte.

A receita que vos trago foi inspirada deste livro que não dispenso na minha cozinha e que estava marcada desde que o comprei. Foi agora o momento indicado para a preparar e me surpreender com tamanha leveza e sabor. Uma massa fina e estaladiça que combina na perfeição com o suave recheio com sabores únicos e que se complementam. O requeijão tão amado nesta cozinha e os espinafres, que dão o toque especial. Fiquei rendida a este burek, a esta especialidade. Não faltará mais oportunidades para voltar a rechear mais massa filo agora com novos e distintos sabores.


Burek de Espinafres e Requeijão

Ingredientes:

300 gr espinafres frescos
120 gr requeijão
100 gr iogurte natural
1 ovo batido
30 ml água com gás
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal
pimenta q.b.
Azeite para pincelar q.b.
Massa Filo q.b.

Preparação:

Comece por pré aquecer o forno a 180ºC.
Escalde os espinafres em água a ferver, durante 30 segundos. retire e esprema bem. Corte em pedaços mais pequenos e reserve.
Numa taça coloque o requeijão, o iogurte, o ovo, o bicarbonato de sódio, o sal e a pimenta. Misture bem. Acrescente os espinafres e a água com gás.
Numa forma rectangular ou num tabuleiro de ir ao forno coloque uma folha dobrada de massa filo após pincelada com azeite. Coloque 1/3 do recheio e repita o processo da massa. Coloque mais 1/3 do recheio e novamente massa filo. Termine com o restante recheio e por fim com outra folha de massa filo untada com azeite. Dobre as laterais para dentro e pincele mais um pouco.
Vai a cozer uns 40 minutos ou até a massa ficar dourada. Retire e deixe arrefecer um pouco.



Deliciem-se!


8 comentários:

  1. Olá querida Ana,
    Fiquei rendida à tua sugestão! este é também o meu primeiro contato com Burek, mas tem tudo para que eu goste. Gosto imenso de massa filo, do aspeto crocante que confere às receitas...
    Trouxeste uma proposta que visualmente é lindíssima e não tenho a menor dúvida que será bem saborosa.
    Obrigado por teres aceite novamente o meu convite, e te juntares à mesa de Junho!
    Muito, muito obrigado
    Um beijinho grande
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Fiquei com vontade!!!
    Acreditas que estive hoje de manhã com este livro na mão à procura de uma receita com cuscuz... mas não tem :-(
    Adorei o teu burek, tenho de experimentar :-)
    Ai essa fotografia dos espinafres... estrondosa!
    Beijinhos minha querida e saudadinha!
    Cuca

    ResponderEliminar
  3. Que maravilha,.....adorei a sugestão,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  4. Esse bicarbonato e de dentes ou culinários 😁

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Querida Ana,
    Eu também adoro esta altura do ano por todas essas razões que mencionas e, embora aqui, calor e ir a banhos seja utopia, as delícias da estação lá vão chegando devagarinho...
    Olha, nem sei que te diga, pois amo burek (tenho de ter cuidado senão ainda sai a burka da Susana...), amo as tuas fotos lindas e amo esse teu styling que está cada dia mais lindão.
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
  7. Aninhas, minha linda, que dizer desse teu Burek?! Simplesmente delicioso. Adoro a combinação dos espinafres com o requeijão e nem consigo imaginá-los envolvidos na estaladiça massa Filo. Te tudo para me agradar, tal como o verão e todos esses sabores que descreves desta estação. Acho que para mim podia ser sempre verão! :) As fotografias estão lindas! ♥
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Já tive o prazer de provar um burek e amei! Por acaso também era de espinafres, é de facto uma maravilha! Pronto, agora já sei onde venho buscar a receita. Beijo

    ResponderEliminar