quarta-feira, julho 1

Sandes de Salame e Mozzarella com Pesto de Rúcula e Manjericão para um piquenique...




Vamos picnicar?

Ora bem!!! Este dias de pleno Verão onde reinam as temperaturas quentes e um céu azul que deixa o sol brilhar intensamente são propícios a passeios até à praia, caminhadas à beira mar ou até piqueniques.
Dias assim fazem recordar-me a minha infância e os fins de semana onde os piqueniques antecediam tardes bem passadas na praia. Recordo-me que ainda miúda saía com os meus pais, com os meus tios e primos bem cedinho em direção às matas nacionais para ali almoçarmos. Fazia-se churrasco, levava-se outras maravilhas preparadas e assim era o nosso almoço. Recordo-me que o arroz com ervilhas nunca poderia faltar. Eram outros tempos, outras ideias outras iguarias bem menos práticas que nos dias de hoje. Já lá preparávamos a salada que acompanhava com o arroz e a carne que ali ao lado estava a ser grelhada.
Salame de chocolate e fruta era sempre a sobremesa escolhida e por nós adorada.
Brincávamos às escondidas, à apanhada, ao elástico entre outras brincadeiras que de momento não vêm à memória.


Depois do almoço, alguns descansavam sobre as mantas estendidas no chão, outros jogavam às cartas e outros simplesmente conversavam.
Já mais para o final da tarde, e quando as temperaturas já não estavam tão quentes lá íamos nós até à praia mais próxima, normalmente S. Pedro Moel ou Praia de Paredes Vitória brincar mais um pouco na areia, jogar às raquetes ou à bola. Mas o momento tão aguardado era quando íamos todos a correr em direcção ao mar para mergulhar. Naqueles anos não achava a água fria ao contrário de agora, entrava no mar sem qualquer problema,.
Depois de muitas tentativas para sairmos do mar (por nós passaríamos lá o retso do tempo, só o anúncio de um gelado nos movia da água. Quem quer gelado?? Perguntava o meu tio e em coro lá respondíamos EU!!!!!  
Todos já sabiam quais os gelados que me encantavam. Por vezes era o Super Maxi outras era o Roll. Ainda hoje gosto imenso desses gelados, talvez por me levar a recordar bons momentos da minha infância, vividos da forma mais inocente e mais sincera, aproveitados ao máximo.



Faz-nos tão bem recordar essas fases da nossa vida, onde fomos tão felizes e para onde por vezes gostaríamos de voltar.
Foi o que aconteceu no passado domingo,que após muitos anos nos juntamos e voltamos aos piqueniques e à praia. Com um tempo que se adivinhava muito quente, um piquenique à sombra dos pinheiros foi perfeito, tal como foi perfeito e mágico voltar aos velhos tempos.
Cada um levou algumas coisa para comer e assim fizemos o nosso piquenique. Foi diferente mas a diversão e boa disposição continua a reinar nos nossos encontros.
Para este reencontro de família levei para saborear entre muitas maravilhas umas sandes cujo pão foi igualmente preparado por mim. Um pão confeccionado com farinha de centeio e farinha de castanha ao qual lhe dei um toque aromático do alecrim e a forma de baguete.
Optei por rechear o pão com ingredientes que gosto e que na minha opinião ligam na perfeição com esta estação. O toque mais forte do Salame e do Queijo de Mozzarella fresco, que conjuga com a rúcula, o tomate e as finas rodelas de rabanetes. Para ligar esta bomba de aromas e sabores um pesto de rúcula e manjericão.

Esta Sandes de Salame e Mozzarela com Pesto de Rúcula e Manjericão rica em aromas, cor e sabor irá participar no desfile de mais uma Edição do Grupo Dia Um ... na Cozinha cujo tema para este novo mês é Sandes Salgadas!!





Sandes de Salame e Mozzarella com Pesto de Rúcula e Manjericão

Ingredientes para pão:

(receita adaptada daqui)

150 gr farinha tipo 65
150 ml água
1/2 colher de fermento padeiro seco

150 gr farinha de castanha
150 gr farinha centeio
100 gr farinha tipo 65
100 ml água
1 colher chá de sal
1/2 colher de fermento padeiro seco
2 colheres de sobremesa de folhas de alecrim picadas



Preparação do pão:

Comece por preparar o poolish no dia anterior. Aqueça 150 ml de água até ficar morna e junte o fermento. Numa taça coloque 150 gr farinha tipo 65 e acrescente a água. Misture bem até ficar uma massa espessa mas não muito dura. Tape a taça com película aderente e deixe repousar de um dia para o outro, entre 10 a 18 horas. Eu deixei estar umas 13 horas.

Após esse período, o preparado está uma massa pegajosa. Reserve.
Noutra taça junte as outras farinhas e o sol. Aqueça os 100 ml de água até ficar morna e junte o fermento seco.
Junte a água à mistura das farinha mexendo um pouco até ligar o preparado, entretanto junte o poolish e o alecrim. Amasse bem a massa.
Deixe repousar cerca de 1 hora e meia ou até duplicar a massa.
Numa superfície coloque farinha e molde o pão em forma de baguetes. A mim deu para fazer 3 baguetes com cerca de 30 cm de cumprimento.
Pré aqueça o forno a 190ºC e leve a cozer o pão cerca de 30 minutos ou até estar cozido.




Ingredientes para Pesto:

1 Chávena de Rúcula
1/4 de Chávena de Folhas de Manjericão
1/4 chávena de azeite (ou um pouco mais se achar que está muito espesso)
1/2 chávena de amêndoa moída
2 dentes de alho pequenos ou 1 grande
Flor de Sal q.b.
Pimenta q.b.

Num processador coloque todos os ingredientes. Deixe triturar tudo muito bem, retifique de temperos caso seja necessário. Coloque o molho numa taça e reserve.





Ingredientes para a sandes:

(serve 2 sandes)

2 Pães de Centeio, castanha e alecrim
1 Queijo Mozzarella fresco
8 rodelas de Salame
1 ou 2 Tomates
3 a 4 Rabanetes
Rúcula q.b.
Pesto de rúcula e manjericão q.b.

Montagem:

Corte os rabanetes e rodelas muito finas e os tomates em rodelas mais grossas. Corte também em rodelas em rodelas o queijo.

Corte ao meio o pão na horizontal, separando as partes. Na base coloque folhas de Rúcula, por cima as farias de salame e as rodelas de queijo.
Com a ajuda de uma colher disponha de um pouco de molho pesto por cima do queijo (eu como gosto bastante coloquei uma dose generosa de molho). 
Coloca-se por cima as rodelas finas de rabanetes e por fim as de tomate. Termina-se com a parte de cima do pão. Embrulhe em saquinhos de papel.



Deliciem-se!!

9 comentários:

  1. Deve ser deliciosa!
    Onde compraste essa cesta girissima?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marisa e é mesmo muito boa, com imensa cor e sabor.
      Quanto à cesta, foi oferta de uns amigos com algumas coisas lá dentro no Natal e como achei gira usei aqui para as fotos e normalmente levo para os piqueniques.
      beijinho
      Ana

      Eliminar
  2. Bela sande. Parece deliciosa.

    Beijinhos,
    Clarinha

    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/07/dia-um-na-cozinha-e-um-pao-sirio-com.html

    ResponderEliminar
  3. Olá :D.....
    Adorei a combinação de sabores!!!! 5 *****!!
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Uma sugestão bem apetitosa! Até desperta a vontade de fazer picnics!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. As fotografias ficaram amorosas Ana...

    Adoro a sandes, que ingredientes tão bons em conjunto...
    Não me importava de sentar em volta dessa toalha e "piquenicar"! :D

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Estava a ler o texto e a recordar-me da minha própria infância e dos piqueniques que fazíamos nos parques de merendas da região de Setúbal. Até o arroz com ervilhas era igual :) Boas memórias de uma época feliz. Adorei a sandes e o pão ficou perfeito. Feito em casa tem ainda mais valor.
    Beijinhos

    http://mesa-corrida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Gosto imenso destes sabores e fez-me lembrar a primeira vez que estive em Itália, era adolescente e fazíamos sempre dessas sandes (sem o pesto) levar para a praia. Eram feitas por uma amiga italiana, que as acompanhava com litros de coca cola... eu ficava-me pelas sandes :) A tua tem ótimo aspeto e picnicar é sempre uma coisa boa!
    Beijinho. Susana
    http://paparocadeliciosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar