terça-feira, novembro 18

Pumpkin and Ginger Bread ... e algumas questões!!




Por vezes dou por mim a questionar-me o que mudou...e porquê ... Será que deixei de ser disciplinada.... E organizada.... ou foi mesmo a perguiça que me atacou.
Questões que levaram ao inicio de um dilema dentro de mim... 
Dou por mim a tentar justificar a razão pela qual quebrei algumas rotinas de que gostava imenso e que fazia à uns meses atrás.

Porquê que pouco a pouco fui deixando de fazer as minhas caminhadas que tanto adoro, ao ar livre, respirando ar puro, entre as árvores, percorrendo os jardins aqui perto de casa.
Até há um tempo atrás fazia a minha caminhada diária, fosse de semana ou fim de semana. Com frio ou calor, com sol ou até uns pingos (poucos claro!) de chuva lá ía eu durante cerca de uma hora para a minha terapia. Sim!! Para mim caminhar é uma forma de me libertar, de desanuviar...

Poderia estar a tentar justificar-me com tudo o que se possa imaginar, mas prefiro pensar que não foi a perguiça que venceu, mas o excesso de trabalho e o cansaso a fazer-se sentir que me impediram de fazer o que tanto gosto.





Resultado desta guerra interna de pensamentos e sentimentos, as caminhadas voltaram-se a realizar!!
E com elas começaram os pequenos almoços mais nutritivos, energéticos e saudáveis para me dar mais força.
Na mesa para além de um copo de leite bem quente ou de um sumo natural de frutas nunca falta um pedaço de pão morno, que saboreio barrado de um pouco de compota ou doce caseiro.

E neste fim de semana na mesa do pequeno almoço como forma de inauguração das ditas caminhadas esteve presente este pão bem saboroso, fofo e bastante nutritivo.


*** Pumpkin and Ginger Bread ***

(receita adaptada daqui)

Ingredientes:

100g mel
60g açúcar amarelo
85 g manteiga
1 colher de chá de canela
1 colher de chá de gengibre ralado
1/2 colher de chá de bicarbonato
1 ovo
130g puré de abóbora
130g farinha
Sementes de abóbora q.b.


Preparação:

Comece por cortar a abóbora em pedaços pequenos limpos de sementes e casca e coloque num pirex. Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC, durante uns 40/45 minutos até assar.

Retire do forno e reduza a puré a abóbora, reservando 130g de puré.

Unte uma forma pequena de bolo inglês com manteiga e forre com papel vegetal (eu untei também o papel vegetal, no entanto poderá não untar).

Numa taça bata o açúcar com o mel e a manteiga. Adicione a canela, o gengibre e o ovo. Bata mais um pouco.
Acrescente o puré de abóbora, o bicarbonato de sódio e a farinha peneirada. Envolva tudo muito bem. Por fim junte as sementes de abóbora e envolva mais um pouco.

Coloque o preparado na forma untada e polvilhe com mais sementes de abóbora. Leva ao forno a cozer cerca de 35/40 minutos a 180ºC.

Retire do forno e deixe arrefecer (caso consiga resistir).


Com esta receita participo no passatempo lançado pela querida úcia do Blog O Barriguinhas - Passatempo Miminhos do Paraiso (passatempo de Outono).
Passem pelo blog e participem!!



Deliciem-se! 

10 comentários:

  1. Que lindo pão, adoro a cor e as sementes
    Passatempo no blog http://www.sweetmykitchen.com/2014/11/passatempo-doce-natal-com-vahine-sweet.html

    ResponderEliminar
  2. Também já aconteceu comigo quando era tão disciplinada treinava 5* na semana essas 5 passaram para 4, 3, 2, e pronto e fiquei 1 ano sem treinar.... Uma das coisas que mais adoro tive que abdicar também por não ter tempo:/

    A verdade é que alimentação isso nunca falhou aliás já faz parte de mim:)

    Este pão deixaria me muito feliz num domingo de manhã junto de quem mais amo, vou guardar beijinho grande

    ResponderEliminar
  3. Adoro a cor do pão e os ingredientes, deve ser muito docinho.
    Também gosto de caminhadas, mas guardo-as sempre para a primavera e o verão porque nesta época do ano está muito escuro na rua.

    ResponderEliminar
  4. Gostei deste pãozinho... E as sementes de abóbora dão-lhe um ar fresco, apesar de ser bom é quentinho 💚
    Aconteceu-me o mesmo que a ti, mas a minha razão é querer fazer tudo, muito, mais do que o tempo que tenho para o fazer...
    Já percebi que vou ter que prescindir de algumas para ter outras de volta!
    Pãozinho bom...bom 💚
    Beijinhos
    C

    ResponderEliminar
  5. Ana, este pãozinho está mesmo lindo, com um ar tão apetitoso. Sabores de outono que eu tanto adoro, era capaz de comer fatia atrás de fatia sem qualquer culpa e como se fosse bolo.
    Eu também era assim à uns tempo atrás, mais organizado, mais metódico, também ia ao ginásio e tinha tempo para fazer uma coisa que adoro e à meses que não faço, que é ler um livro do principio ao fim em menos de nada. Mas os projectos surgem, as ideia fervilham, o trabalho acumula-se e há dias que ando a mil, quero fazer tudo ao mesmo tempo e alguma coisa fica pelo caminho. Como te compreendo. ;)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Pão lindo e com uma cor tão boa, adoro.
    Sabe a Outono, a dias frios, a dias que apetece ficar com uma cevada quente na pão e um pão destes, maravilhoso.
    O tempo às vezes é tão inimigo, e mesmo com muita organização não se faz o que desejamos.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. A cor ficou linda, a crosta está perfeita! Devias ter levado um destes para a figueira... é melhor não falar muito que eu cá tb só levei fome! beijo

    ResponderEliminar
  8. Que lindo pão! Nos sabores, na cor, na textura...Está fantástico :)
    Ana, acho que todos sofremos do mesmo, pelo menos em determinadas fases da nossa vida... umas vezes mais outras menos organizadas e estruturadas... Temos que simplificar e analisar o que é realmente importante para nós, pois o tempo é este e mais nenhum, não há nada a fazer :)
    Entendo-te bem!

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  9. Que belo pão Ana!
    Como eu te entendo, eu ando na mesma, não consigo fazer metade das coisas que fazia antes!
    Mas um pãozinho destes fazia já :) que lindo.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar