quinta-feira, setembro 8

Galette de Nectarinas e Amoras Silvestres

E o calendário marca 3 semanas desde a última partilha aqui no blog.... Três, sim três semanas...Poderia-me justificar pela falta de tempo e por sentir que ele escorrega entre os dedos das mãos, não me dando qualquer hipótese de o fazer parar dedicando mais tempo a este cantinho. Prefiro antes, justificar esta minha ausência pelos inúmeros projectos que tenho em mãos e que vêm até mim. Não gosto de desiludir ninguém, principalmente quem deposita toda a sua confiança no meu trabalho e sobretudo desiludir a mim própria.
Projectos que consomem algum tempo fazendo com que tenha que optar, fazer escolhas e traçar prioridades. Alguns deles podem acompanhar aqui ou através da conta do Instagram. Bolos maravilhosos, únicos e personalizados para pessoas especiais e momentos ainda mais especiais.

A receita que hoje vos trago, já foi por aqui apreciada a algumas semanas. Fotografada desde essa data e devidamente editada aguardava pacientemente pela sua partilha. Dado que um dos frutos que utilizei já não se encontra com tanta frequência, as nectarinas podem ser facilmente substituídas  ou até omitidas. Mais que aprovada por aqui, foi um autêntico sucesso o que me leva a querer torna-la intemporal Justificando assim a sua partilha. O texto que a acompanha foi modificado, e de "um Agosto que estaria a terminar damos lugar a um Setembro que já vai a meio".



E em jeito de comemoração pelos projectos que por aqui vão existindo, deixo uma simples Galette de Nectarina e Amoras Silvestre adaptada deste livro que tanto aprecio. Uma massa estaladiça que ao mesmo tempo se desfaz a cada trinca, Um recheio que não é mais que o conjunto de todo o  sabor da fruta, sabores e aromas de Verão.
A receita original da Yossy Arefi utilizava alperces, mirtilos e amoras eu optei pelas a amoras silvestres e por nectarinas. Mas esta é uma tarte que se caracteriza pela sua versatilidade no que respeita a sabores e fruta que pode ser utilizada. Desde a maçã, frutos vermelhos, pêra ou até figos ou ameixas. Há uma vasta de possibilidades e adaptações possíveis.



Galette de Nectarinas e Amoras Silvestres

Ingredientes:

* Para massa:
   340 gr farinha s/ fermento tipo 65
   1 colher de chá de sal
   225 gr de manteiga fria cortada em cubos
   1 colher de sopa de vinagre de cidra 
   120 ml de água fria/gelada

* Para Recheio:
   4 colheres de sopa de açúcar
   2 colheres de sopa de farinha
   Nectarinas em gomos q.b.
   Amoras Silvestres q.b.
   1 colher de chá de canela
   1 ovo pequeno
    Açúcar demerara q.b.


Preparação:

Comece por preparar a massa. Numa taça coloque a farinha com o sal e acrescente a manteiga, Amasse com a ponta dos dedos até ficar uma massa areada. Acrescente o vinagre e  a água aos poucos até formar uma massa moldável. Envolva em película aderente e leve ao frio cerca de 25 a 30 minutos.
retire do frio e com a ajuda de um rolo estenda a massa sobre papel vegetal até formar um circulo (+- rústico).
Noutra taça misture as amoras, a farinha, o açúcar e a canela. Coloque o preparado no centro da massa e por cima disponha alguns gomos de nectarinas. Dobre as laterais da massa sobre o preparado e pincele a massa com ovo batido. Polvilhe com açúcar demerara e vai ao forno pré aquecido a 180ºC cerca de 35 minutos ou até estar dourada a massa.
Retire e deixe arrefecer.





Deliciem-se!!
   


5 comentários:

  1. Minha amiga... que gulosa a tua galette!! AMEI
    Não trocava os frutos por nenhuns, esses estão perfeitos e seriam os mais bem escolhidos :-)
    Mil beijos e bons projectos, está tudo cada vez mais bonito!
    C

    ResponderEliminar
  2. Ficou linda e com frutos que eu adoro, deviam de haver todo o ano não me farto deles
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito desta combinação de sabores :)
    Beijinhos e bom fim de semana...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
  4. Que boa conjugação. Uma galette que enche o olhar de tão apetitosa. Adorei!!
    Beijinho!!!

    Bimby & SAbores da Vida

    ResponderEliminar
  5. Fiz uma galette uma única vez na vida e saiu francamente mal. Acho que a receita de massa que usei não era a melhor para aquilo. Esta parece-me ser bem jeitosa e aguentar bem a ruta, já marquei para fazer!!
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar