quarta-feira, dezembro 23

{FELIZ NATAL} Floresta Negra numa versão diferente e um até já...


Quem me segue e por cá passa já se apercebeu que não partilho diariamente uma receita. Gostava efectivamente que assim fosse mas nem sempre é possível. O tempo não estica e outras obrigações imperam. 
Ainda ontem publiquei esta receita de um delicioso Bolo Rei Alemão, ao qual também chamamos Stollen. Consiste numa massa fofa adocicada pelas frutas cristalizadas e pelos frutos secos. A massapão no centro do bolo confere uma humidade à massa e reforça o sabor inconfundível da amêndoa.


Num registo diferente ao do Stollen mas não menos saborosa a sobremesa que hoje partilho, mesmo antes da ceia de Natal, não nos leva a um sentimento de culpa e consciência pesada na hora de a saborear. Uma explosão de sabores, cores e texturas apreciadas a cada colherada. Uma Floresta Negra em versão mais saudável e numa apresentação diferente do habitual. Num elegante copo ou numa bonita taça, esta sobremesa é apresentada em camadas. Damos início com uma mousse de chocolate cremosa. Sobre a mousse alguns frutos vermelhos fazendo uma ligação perfeita. Uns pedaços de amêndoa laminada dá um crocante que contrasta com as texturas mais suaves. Finalizamos com um chantilly de coco. Mais umas framboesas para a decoração e finaliza-se com um toque de cacau amargo.
Uma receita inspirada de receitas autónomas deste livro que não dispenso. Uma versão saudável de uma pecaminosa Floresta Negra bem adequada a esta época, com cores e sabores natalícios que irá estar presente na rúbrica "Inspirar e Nutrir" do site Nutrição Feminina da Drª Carla Fernandes.


Mais uma vez desejo-vos a todos que visitam este cantinho um FELIZ NATAL E UM EXCELENTE ANO DE 2016.
Por aqui marcamos encontro para o próximo ano, para novas partilhas, novos sabores e novas ideias. Até lá, fiquem por aqui e apreciando esta Floresta Negra!!





Floresta Negra
 (serve 4 taças)

Ingredientes:

* para a mousse:

2 abacates pequenos ou 1 grande
80 gr chocolate de tablete 70% cacau derretido em banho-maria
15 Tâmaras demolhadas em água cerca de 30 minutos
3 colheres de sopa de cacau
1 colher de café de canela
1 pitada de flor de sal

* para chantilly de coco:

1 lata de leite de coco de 400 ml
1 colher de sopa de mel
1/2 colher de chá de essência de baunilha

Amêndoa picada grosseiramente q.b.
Frutos Vermelhos q.b. (usei framboesas e amoras)
Cacau em pó q.b.


Preparação:

Comece por preparar a mousse. Num processador coloque o abacate cortado em pedaços mais pequenos sem casca e caroços. Acrescente o cacau em pó, o chocolate derretido e as tâmaras cortadas em pedaços mais pequenos. Misture tudo muito bem e acrescente a canela e a flor de sal. Processe mais um pouco até obter um creme suave.
Disponha um pouco de mousse em cada taça. Por cima coloque algumas amoras e framboesas frescas. Polvilhe com amêndoa que foi picada grosseiramente.
Finalize com o chantilly de coco. Para preparar o mesmo coloque a lata de leite de coco pelo menos umas 4 horas antes de usar no frigorífico. Após esse tempo retire-a do frigorífico com cuidado sem a agitar e cuidadosamente abra a mesma e retire a parte de  creme branco que está mais espessa. è necessário ter algum cuidado para o  creme branco não se misturar com a água de coco que entretanto se separou.
Coloque esse creme numa taça, acrescente o mel e a baunilha e bata um pouco, cerca de 3 a 5 minutos (não bata em demasia).
Decore com framboesas e polvilhe com a restante amêndoa e com cacau. 

Notas:
* É possível que sobre chantilly de coco. Guarde no frigorífico até ao dia seguinte e acompanhe com umas panquecas.
* Antes de bater o chantilly coloque as varas uns 20 minutos antes de bater no congelador.






Deliciem-se!!
Votos de um Natal bem docinho e de um bom ano de 2016.

8 comentários:

  1. Ana, Floresta Negra é uma das minhas combinações de eleição. Com esta versão no guilt estou tentada a deixar de a considerar um pecado apenas permitido em dias de festa! Como as festas ainda não terminaram venho desejar-te também um delicioso 2016, repleto de coisas boas e bons momentos.

    Uma beijoca*

    ResponderEliminar
  2. Ana, adoro floresta negra e não sou grande apreciadora de chocolate, mas há qualquer coisa na combinação do floresta negra que me fascina e delicia e esta tua versão é ainda mais tentadora.
    Um grande beijinho e votos de um fantástico 2016 para ti,
    Lia

    ResponderEliminar
  3. Com culpa ou sem culpa... temos pena! É bom e pronto!
    Quem vai comer estas coisas boas depois de fechar os olhinhos? Ninguém... toca a aproveitar agora, não é? :-)
    Deixa lá uma para a minha sobremesa, faxabor! :-)
    Bjinhos ENORMES
    C


    ResponderEliminar
  4. Estes copinhos ficaram divinais, Aninha!
    Sendo mais saudáveis nem desculpa nos dá para recusar. Que delicia!!!

    Bjinhosssss

    ResponderEliminar