quarta-feira, abril 1

Folar de Maçã, Canela e Amêndoa


Está na hora de virar mais uma página do calendário. É o momento de nos despedirmos de Março dando assim as boas vindas a mais um mês, o mês de Abril.

Este mês que ainda agora deu o ar da sua graça e já tem quase todos os seus dias preenchidos. Normalmente escolho este mês para tirar a minha primeira semana de férias e este ano não é diferente. Assim, e a pouco mais de uma semana para as minhas tão merecidas férias já conto os dias, horas, minutos e até os segundos. Com algumas mudanças no meu trabalho é o momento ideal para recarregar baterias longe da correria e do stress do dia a dia, sem horários, sem tarefas pré definidas, sem o cronometro ligado...

As expectativas de dias de sol e calor muito anunciadas animam-me. Com os parques e jardins decorados com uma imensidão de cores obtidas pelas flores que já estão a florir e com as temperaturas amenas que acompanham os raios de sol são a perfeita desculpa para se dar inicio aos piqueniques em família ou entre amigos. 



Abril é sinónimo de Páscoa, que será festejada já no próximo domingo. Indo à minha bagagem de memórias, recordo-me perfeitamente das férias vividas em casa dos meus avós maternos. A sexta feira santa era o dia para preparar os folares. Uns para serem distribuídos pelos vizinhos e familiares no domingo e outros para estarem presentes na mesa pascal.

Logo pela manhã lá ia eu até casa da minha avó onde ela já tinha colocado uma panela com água a ferver com cascas de cebola e lá dentro algumas dúzias de ovos, que iriam embelezar os folares.
A lenha já ardia no forno para assim o aquecer e eu sentada num dos bancos da cozinha contemplava a minha avó que ia juntando num enorme alguidar de barro todos os ingredientes para a massa dos folares. Misturava tudo muito bem e amassava a massa com toda a sabedoria. A massa ganhava vida pelas mãos calejadas do trabalho da minha avó, de quem sabia amassar na perfeição.
A massa era transformada em pequenas bolas e colocadas sobre a bancada enfarinhada e eu era incumbida de guarnecer os folares colocando um ovo cozido no centro e pincelar o folar com ovo batido para ficarem dourados quando cozidos. Assim ficariam perfeitos!!
A cozinha era inundada com um aroma divinal. Lembro-me que não conseguia resistir sem provar um pedaço de um folar ainda quente, acabadinho de sair do forno a lenha.

Os almoços de domingo de Páscoa em família felizmente ainda se mantém. Reunidos à volta de uma mesa onde reina a boa disposição, aromas e sabores de Páscoa. O cabrito ou o borrego são normalmente os eleitos para prato principal. As amêndoas, o pão de ló e os folares são também presenças obrigatórias na nossa mesa.


E falando em FOLAR este será o próximo tema da 23ª edição da iniciativa Dia Um... Na Cozinha! Eles são salgados eles são doces, variam de região para região, estando sempre a inovar-se nas formas e nos sabores.


O folar que hoje trago foi a minha terceira tentativa. Sim, TERCEIRA!!! Estive mesmo para desistir, mas não queria deixar de participar.

O folares anteriormente preparados tinham os sabores pretendidos mas a massa não me convenceu.  Após pensar se iria ou não passar à terceira tentativa, lembrei-me do Folar do Algarve que gosto imenso. Inspirado então neste tipo de folar apresento-vos um Folar de Maçã, Canela e Amêndoa. Vai ganhando forma através de camadas de massa que levedou algumas horas com sabores de canela. Entre as camadas um recheio rico em sabores e texturas. Composto por compota de maçã, canela e amêndoa picada.

Espero que vos agradem como me agradou. Posso dizer que à terceira foi de vez!!




Folar de Maçã, Canela e Amêndoa

(receita adaptada da revista Mulher na Cozinha Especial Pão 2014)

Ingredientes:

 *Massa: 

500gr Farinha tipo 65
35 gr fermento padeiro
0,5 dl de àgua
1 pitada de sal
1 Colher de sopa de Licor de Canela (Chocolicor)
Raspa de 1 Laranja
65gr manteiga
75 gr de banha



* Recheio:

Compota de maçã q.b.
3 Maçãs Golden
Açúcar q.b.
Canela q.b.
Creme vegetal q.b.
Amêndoa picada q.b.


* Compota Maçã:

1kg maçã
700 gr açúcar
1 Vidrado de limão
1 pau de canela





Preparação:

Comece por preparar a compota. Descasque as maçãs e retire o caroço. Leve ao lume cerca de 5 minutos com um pouco de água até amolecerem.
Retire e corte em cubos. Leve novamente ao lume num tacho, juntando o açúcar, o vidrado de limão e o pau de canela deixando ferver até obter uma redução cremosa. 
Retire e coloque em frascos esterilizados.

Para preparar a massa comece por juntar o fermento com a água morna, mexendo até se dissolver. Numa taça junte a farinha, o sal, o licor de canela e o sumo de laranja. Derreta a manteiga e a banha e adicione ao preparado da farinha, assim como o preparado do fermento derretido. Amasse muito bem, até ficar tudo muito bem ligado. Divida a massa em 7 partes iguais e estenda cada uma das partes em circulo.

Retire o caroço e descasque as maçãs, cortando as mesmas em rodelas muito finas. Pique a amêndoa grosseiramente.



Forre uma forma de 22 cm de fundo amomivel com papel vegetal e coloque um circulo de massa. Barre com um pouco de creme vegetal, polvilhe com açúcar e canela em pó. por cima disponha rodelas de maçã e um pouco de compota de maçã, por fim polvilhe com amêndoa picada. Coloque outro circulo de massa por cima e repita as camadas ( creme vegetal para barrar a massa, polvilhar com açúcar e canela, dispor as rodelas finas de maçã, um pouco de compota de maçã e finalizar com amêndoa picada. Novamente mais um disco de massa e assim consecutivamente até terminar com o último circulo de massa. 
Barre este ultimo circulo de massa com creme vegetal e polvilhe com açúcar e canela.
Vai a levedar 3 horas em lugar aquecido. Findo o tempo leve a cozer em forno pré aquecido a 180ºC, cerca de 50 minutos. Deixe arrefecer e desenforme depois de frio.



Deliciem-se e Boa Páscoa!!

8 comentários:

  1. As fotos estão lindíssimas e o folar muito convidativo.
    Adoro folar de Olhão e com este recheio de maçã e amêndoa deve ficar 5 *****
    Desejo uma Páscoa feliz
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Hmmm...que delícia!!
    Nunca experimentei Licor de Canela, vou procurar por aqui, deve ser demais de bom!!!!
    Esse dólar está com um aspecto incrível!!
    Beijos, desejo uma Páscoa abençoada para você e sua família!! =)

    ResponderEliminar
  3. Olá Ana!

    O teu folar ficou com uma cor linda e com uma crosta irresistível que apetece mesmo provar. O folar algarvio é dos meus preferidos, também já fiz e adorei o seu sabor. Mas esta tua versão, com maçã e amêndoa não deve ficar nada atrás do original. Valeu a pena insistir e à terceira foi mesmo de vez. ;)
    E essas memórias, que bem que sabem, são como tesouros escondidos que guardamos para sempre e que revivemos por estas alturas. Revi-me nas tuas palavras, pois a minha Páscoa também era vivida de dessa forma, muita azáfama, farinha, bolos folares, o cabrito, a visita do padre. Bons velhos tempos que já lá vão. ;)
    Beijinho e uma Páscoa muito feliz!

    ResponderEliminar
  4. Que bom teres essas memórias e tirares partido delas na tua cozinha. Este folar tem um aspeto muito suculento, muito guloso por causa da maçã e da compota.
    Beijo grande e votos de feliz Páscoa. Susana
    http://paparocadeliciosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Tem tudo para ser um folar, bem delicioso.
    Bonita a presentação também.

    Páscoa Feliz, bjs.
    Paula

    ResponderEliminar
  6. Olá Ana
    O folar de Olhão é o meu preferido, pelo seu interior mais húmido, e esta tua sugestão faz lembrar esse folar, embora seja bastante inovadora nos sabores. Gostei muito!
    beijinhos, Paula

    ResponderEliminar